Poema: “O AMOR NÃO É AMADO” Ir.Teresinha Sena Rodrigues 

0
Postado 1 de outubro de 2017 por irlucia em Fotos

kjhbim

O AMOR NÃO É AMADO

 Na sensibilidade do coração que ama

Francisco foi o arauto da dor, do amor.

Chorava Francisco, lágrimas de dor,

Da dor de ver que o AMOR não era amado

E chorava lágrimas sentidas, sofridas,

Por ver todos tão amados e não amar.

Francisco, em suas lágrimas, gritava a todos:

 

Irmãos, como DEUS nos ama!

Seu amor por nós é infinito,

Somos filhos amados e queridos,

Seu amor é eterno, sem fim.

Ele nos ama, como somos,

Não exige de nós, quer o amor livre,

Livre porque nos deu total liberdade

E na liberdade, rejeitá-lo ou amá-lo.

 

Ó Francisco, também, hoje chorarias

 Vendo as loucuras, os devaneios

Dos filhos de Deus, “nossos irmãos”,

Soltos errantes, pelo deserto da vida,

Cegos, insensíveis ao amor.

É nossa insensatez de não sentir,

Não sentir tão grande amor.

 

E grita Francisco aos duros corações:

“Olhem a beleza da natureza

A singeleza da flor, o canto dos pássaros,

A grandeza do Universo, o ar,

A água das cascatas, nascentes, rios, mares.

Vejam as árvores frutíferas, a fartura,

O sorriso puro das crianças,

Os corações que amam e se entregam.

É preciso que amemos o AMOR.

 Francisco, vem novamente ao mundo,

Vem ensinar-nos a amar:

 - Na doação, na entrega…

- Ir ao leproso e abraçá-lo…

- A construir o que está para ruir.. – Ir ao leproso e abraçá-lo…

- A construir o que está para ruir…

- A amar fraternalmente todo irmão…

- A ser luz nas trevas, na escuridão…

- A sentir que somos FILHOS AMADOS

- E agradecidos por tanto amor.

 

Sim, Francisco, precisamos de ti!

Somos seguidores de JESUS,

Seguidores nos passos teus,

Queremos testemunhar,

Testemunhar ao mundo inteiro

Que, apesar de nossa pequenez,

Nós, teus filhos possamos proclamar:

EM NOS O AMOR É AMADO!

               São Francisco de Assis, dá-nos uma bênção, te pedimos para toda a Ordem Franciscana. Todos nós!

Ir. Teresinha Sena Rodrigues 

.


Sobre o autor

irlucia


0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe sua resposta

(required)