Missionária Capuchinha, Ir.Francinete Amorim participa do IV Congresso Vocacional do Brasil em Aparecida-SP

0
Postado 23 de setembro de 2019 por irlucia em Vocação

foto 1 foto2

 Irmã Francinete Amorim, animadora vocacional da Congregação das Irmãs Missionárias Capuchinhas participa do IV Congresso Vocacional do Brasil em Aparecida-SP, realizado de 05 a 08 de setembro de 2019, no Centro de Eventos do Santuário Nacional Nossa Senhora de Aparecida. O congresso contou com a participação dos regionais e dioceses do Brasil, com aproximadamente 650 participantes, tendo como tema principal “VOCAÇÃO E DISCERNIMENTO”.
Padre Ângelo Ademir Mezzari, contribuiu com assessoria do congresso, o mesmo ministrou a palestra intitulada: “A caminhada Vocacional”. Em sua fala destacou: “A Pastoral Vocacional se torna prioritária neste novo momento da história da evangelização, por meio do suscitar e acompanhar as vocações para o serviço da comunidade e para a atuação profético-transformadora na sociedade”
Em seguida o assessor Padre Amadeo Cencini ministrou a palestra: “Vocação e Discernimento, e em sua assessoria destacou: “A Pedagogia do Discernimento se desenvolve a partir da sensibilidade orante-obediente vocacional, por meio de um exercício absolutamente pessoal e intransferível”
Pe. Amadeo concluiu falando da sensibilidade confiança-decisional.
“Quem escolhe a partir da fé, no entanto, coloca-se em uma situação diferente daquelas que aprenderam a fazer escolhas de acordo com uma lógica humana”. A escolha que para na lógica terrena, de fato, é muito limitada por ser muito presunçosa: deve ser segura, sem a menor chance de cometer erros; sem perder nada ou desistir; clara e distinta, bem definida em todas as suas fases e objetivos; na medida do sujeito e calculada em suas capacidades; verificável e reversível, com várias rotas de fugas (saída de segurança) e respostas alternativas e nunca definitivas. Nestas condições, é previsível que tais escolhas não sejam muitas.
A decisão cristã, por outro lado, coloca-se em xeque; quem obedece na fé não reivindica segurança humana absoluta; é uma escolha a preço alto, tendendo à doação total de si mesmo, ao máximo daquilo que alguém pode dar; é precisa, mas nunca completamente clara, isto é, livre da pretensão de prever tudo e eliminar qualquer imprevisto; é motivada pela confiança, não pelo cálculo e pensada a partir da Vontade de Deus. Portanto, corajosa e para sempre, sem medo, sem se sentir sozinho. Ou seja, o cristão pode escolher muito mais em quantidade e qualidade, sobretudo se ele for ajudado e pro-vocado a ativar sua própria sensibilidade vocacional, em todas as suas variáveis.”
Encerramos o 4º Congresso Vocacional do Brasil domingo (08/09), com a Celebração Eucarística às oito horas da manhã na Basílica de Aparecida, e logo em seguida no Centro de Eventos a apresentação do documento final.
Gratidão ao Divino Criador por participar do 4º Congresso Vocacional do Brasil, sob as bênçãos da Mãe Aparecida.


Sobre o autor

irlucia


0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe sua resposta

(required)