Memória de uma grande Missionária Capuchinha, doada aos pobres, em Fortaleza- CE, Irmă Seferina Maria. Veja!

0
Postado 18 de julho de 2019 por irlucia em Aniversariantes

Irmã Zeferina Maria, o exemplo de amor ao próximo, morreu aos 91 anos, na última sexta-feira. Uma das religiosas mais conhecidas do Estado tinha 73 anos de vocação à vida consagrada, como Irmã Missionária Capuchinhas. A magnânima freira é uma das Irmãs contemporâneas que fizeram parte da história da Congregação.

Em cerimônia aberta ao público, Irmã Zeferina foi homenageada pelas suas três gerações de familiares, amigos, Irmãs Missionárias Capuchinhas, colaboradores, Leigas Missionárias Capuchinhas, líderes de Messejana, empresários cearenses e inúmeros moradores do bairro de Messejana, local onde exerceu a maior parte do seu trabalho de caridade.

Em vida, Irmã Zeferina espalhou benevolência fundou e sempre esteve à frente do Posto de Saúde Santa Rosa de Viterbo, Serviço de Visita aos necessitados da Comunidade, Coral Infância Missionária Capuchinha, Sopão dos Pobres, e muitos outros. Quando mais nova, trabalhou em benefício dos enfermos, no Hospital Geral César Cals, em Fortaleza; Hospital Municipal de Guaramiranga, Ceará; no Hospital São Vicente de Paulo, em João Pessoa, Paraíba; e nos Hospitais Português e Tarquínio Lopes Filho, ambos na cidade de São Luís, Maranhão. Ações que fizeram a diferença, um legado de afetuosidade deixado por ela.

Ainda, em vida, a sua trajetória de boa vontade foi biografada no livro que leva o seu nome “Irmã Zeferina – A força da caridade”, escrita pelo jornalista Germano Montgomery Vidal. Segundo relatos de familiares, a freira agradeceu e se emocionou profundamente ao ler a obra que retratou de maneira fidedigna a sua caminhada, e com tom misericordioso a consagrada disse: “Oh, Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”, retribuindo com a jaculatória que pronunciava diariamente para aqueles que lhe pediam conselhos. A Missionária Capuchinha também foi reconhecida pelo relevante serviço que prestou aos necessitados, ao ser condecorada na Câmara Municipal de Fortaleza, recebendo o Título de Cidadã de Fortaleza.


Sobre o autor

irlucia


0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe sua resposta

(required)